Review: Monster Hunter 4 Ultimate

Bom eu prometi e agora vou cumprir.
Sim queridos amigos leitores e amigas leitoras, vamos ao nosso review daquele que não apenas está sendo o melhor de sua geração, como está consumindo cada minuto que eu tenho de tempo livre (pelo menos enquanto dura a bateria do 3DS).

Vamos ao Review de Monster Hunter 4 Ultimate!

Sim caros amigos vou SIM fazer este review que é no mínimo justíssimo. E devo dizer, demorei um pouco para fazer ele, porque fiquei com medo de deixar minha Hype influencia minha opinião final sobre o jogo.

Moral da História fechei praticamente todo o low rank dentro do modo offiline e já estou na metade do High Rank no Guild Wall.
E ainda sim mantenho: eu estou AMANDO este games.

E sim fazendo uma certa… rasgação de seda se vocês me permitirem, esse jogo ficou perfeito em todos os aspectos. É simplesmente FODA ver o quanto a franquia evoluiu desde o lançamento do primeiro Monster Hunter em 2004.

E eu digo isso em todos os sentidos do game. No que diz ao som, imagem, jogabilidade, ambientação, diversidade. Enfim o jogo evoluiu e MUITO. E digo isso mesmo levando em consideração a evolução de MH3U que é de março/2013 para o MH4U que saiu agora em fevereiro.

Mas acho que a análise deve ser feita por tópicos e sendo assim vamos começar?

Gráficos:
Acho que essa é sem dúvida uma das coisas mais marcantes no universo de Monster Hunter. E tenho que ser honesto: foi uma das coisas que mais me atraiu quando eu peguei o primeiro game na mão. E sem dúvida nenhuma a arte gráfica de MH4U ficou fantástica. É gritante quanto tempo foi dedicado ao desenvolvimento gráfico do jogo. As texturas estão incríveis e usam o máximo do que o 3ds pode fornecer. E não isso o bastante mas as texturas no New 3DS estão ainda mais bonitas e detalhadas (afinal o hardware do N3DS é mais avançado).
3ds
[Comparação mh4u para 3ds/ n3ds]

Você pode ver o cuidado que eles tiveram e como a imagem está limpa com menos polígonos sobrando e evitando deixar aquela coisa meio pontuda numa imagem curva. Claro existem limitações e sendo muito honesto o problema aqui entra na limitação ATUAL no que tange a programação. Claro eu estou sendo MEGA chato nisso, mas…. Oque posso dizer? Eu sou exigente com as franquias que eu amo.
Som:
O som de Monster Hunter é no mínimo peculiar desde o primeiro game. Ele não é aquele jogo de aventura/ ação que tem música enquanto você explora por ai. As músicas são bem limitadas. Temos alguns temas para os mapas (que tocam em momentos muito específicos durante o game) e temos os temas de combate que é o mesmo para praticamente todos os monstros salvo para Elder dragons que possuem temas próprios, e certos momentos durante o game para causar certo impacto.

Mas SOM não se resume apenas as músicas. O jogo é muito ambiental e procura criar de fato o som que você teria em determinado bioma. Por exemplo nos mapas de tundra glacial temos o som do vento uivando, temos o som mais leve das pisadas na neve, temos o eco que vem de dentro das cavernas. Nas florestas temos o som das folhas, o som dos monstros andando pelo ambiente e por ai vai.

Temos também uma inovação que me pegou de surpresa e me surpreendeu muito. Aliás, temos duas inovações.
A primeira é que agora o som “distante” no mapa ficou melhor. Por exemplo quando um monstro faz algum barulho do outro lado do mapa ou mesmo vindo de trás de você, nós temos essa impressão muito mais bem feita do que em MH3U por exemplo. Isso foi muito refinado e deu uma pitada a mais no que tange a imersão do jogo.

A segunda novidade (e dentro do quesito som a minha favorita) é que agora podemos ouvir o rugido dos monstros PELO MAPA. Oque quero dizer com isso é: eu não preciso estar no mesmo mapa que a rathian por exemplo para ouvi-la rugir. Agora o rugido já pode ser ouvido nos mapas adjacentes ao que ela se encontra. E isso ficou simplesmente lindo. E eles tomaram o cuidado de evitar o “flinch” que recebemos quando ouvimos o rugido de perto de nos acertar a distância. Um detalhe muito bem vindo a franquia.
Ambientação:
Sim vou falar também do ambiente do jogo, afinal isso é de certa forma o coração de Monster Hunter. E cara os ambientes de MH4U ficaram incríveis. Todos eles estão super bem desenhados e você percebe o cuidado que tiveram ao desenvolve-los. Estão todos muito bem feitos e com pequenos detalhes que faziam falta nas gerações anterior. E nisso eu me refiro a partículas. Seja de areia no Great Desert ou de gelo no Frozen Seaway. Tudo ficou muito fluido e de certa forma natural.

A quantidade de ambientes também é incrivel, temos no total 14 áreas exploráveis no jogo e cada uma delas com sua própria fauna (que sim será abordado logo logo), com suas peculiaridades e seus altos e baixos. A variedade é linda e as imagens enchem os olhos. Definitivamente um trabalho muito bem feito pelo time de desenvolvimento.

Fauna:
Sim, aquilo que é um dos pilares do jogo é a variedade de monstros/ criaturas que você encontra enquanto explora as diferentes regiões do game.

E com relação a isso NINGUÉM pode reclamar. MH4U conta com incríveis 98 monstros! Ao passo que MH4 (seu antecessor no Japão) tinha 72 e MH3U tinha 73.
E isso sem incluir novos monstros que podem ser adicionados via DLC caso assim eles queiram.
A variedade é gigantesca e cada um deles tem deus designs muito bem feitos. Cada um se integra muito bem aos ambientes dos quais pertencem e uma boa parte deles pode ser encontrados em ambientes muitos específicos como o Zamtrios que aparece apenas em mapas glaciais e o Diablos que aparecem apenas nos Desertos.
Os monstros novos estão incríveis com designs originais como por exemplo a Nerscylla o nosso primeiro inseto “boss” de fato no jogo (vamos ser honestos queen vespoid era só uma droga de vespoid grande.-.). Temos também o Zamtrios cujo design é de um tubarão com muitos detalhes extras quando em rage mode e claro um dos meus favoritos até o momento: Najarala. Uma FUCKING SERPERTE!
O jogo não se atem mais apenas aos Big Wyverns como fazia antigamente, agora também temos uma imensa variedade de monstros de diferentes espécies como insetos, feras, Anfíbios (tetsucabra caso você esteja pensando quem) e mamíferos. A variedade é simplesmente magnifica.

 

Jogabilidade:
E sim deixei o melhor para o final, a jogabilidade de Monster Hunter. Aquilo que sem dúvida alguma o torna único. Aquilo que eu já vi muitos tentarem copiar e falhar.

Os controles estão muito mais precisos, temos novos golpes para as armas além é claro de duas novas armas que deram todo um ar novo pro game: Insect Staff e Charged Blade.
Todas as armas tiveram sua gama de movimentos refeitos e estão muito mais intuitivas do que eram antes. Além disso agora temos acesso a um “mini tutorial” para cada arma no 1° rank das Missões da caravana. E mais: temos também o acesso a um menu especifico que mostra os combos básicos de cada arma que pode ser acessado a qualquer momento.

A maldita mecânica de combater debaixo d’agua foi retirada (graças ao bom odin). Acredito que sim ela deva voltar em uma futura geração, mas a princípio a opção de remove-la do jogo foi muito bem aceita.

E temos a nova mecânica de “salto” que digo facinho que foi genial. Agora ao salta de certa altura você pode atacar o monstro no ar o que te permite usar uma das melhores features já introduzidas na franquia (até porque foi introduzida nesta geração) que é você poder montar o monstro e ataca-lo enquanto está em suas costas.
O “mini-game” (se é que posso chama-lo assim) é simples e não quebra a dinâmica da luta. Achei muito justo você ser meio “limitado” com relação ao como fazer isso e o fato de você não poder saltar indefinidamente nas costas dos monstros. Ficou bem balanceado e se feito no momento pode tranquilamente fazer uma diferença ENORME durante os combates.

Outra mecânica que foi MUITO melhorada é com relação a escalada das paredes. Ficou mais dinâmica e menos limitada. Agora você pode subir carregando Ovos/Pedras/wharever, você pode se mover na horizontal, usar mais itens, e até mesmo fazer alguns ataques simples.

Enfim as mecânicas ficaram muito melhores. Tudo foi refinado e agrada mais os jogadores. Um detalhe bacana é que as mecânicas são incríveis tanto para quem está começando agora quando para os veteranos calejados como eu.

 

Fechando este review (e se você leu até aqui, muito obrigado) tenho que dar um fechamento digno deste jogo. Mas é difícil.  Eu poderia literalmente passar horas aqui digitando sobre o jogo, narrar cada cena, cada quest, cada porem que o game possui. Mas isso seria sacanagem e duvido muito que vocês fossem ler tudo isso.

Sendo assim eu encerro recomendando enfaticamente que você jogue o novo monster hunter. Ele está saindo por R$79,99 na E-shop (CHUPA REVENDEDORES QUE QUEREM 199,90). E cara…esse preço pegou MUITA gente de surpresa (eu incluso). O jogo vale o valor que pede. As funcionalidades tanto online quanto offline estão incríveis e prendem. Indiferente de qual seu estilo de jogo, vale muito a pena jogar o novo MH4U.

E falando nisso, deixa eu ir lá acabar com a bateria do 3DS e deixar de dormir mais um pouco para me divertir com esse jogo.

 

O que é estar feliz?

Será que você sabe o que é ser feliz?

E o que pra você que lê o blog significa ser feliz?

feliz

Eu estou feliz. E muito feliz. Não só feliz…muito mais que isso, mas acho difícil de explicar.
Acho que…aliviado também seria uma palavra correta.
E extasiado. Contente. Apaixonado. E simplesmente… Feliz!

E sim toda esta felicidade TEM motivo. Um monte de motivos pra ser exato =D

Sei lá galera. Simplesmente estou de bem com o mundo sabe? As coisas finalmente estão dando todas certo e entrando no eixo.

A faculdade está indo super bem, e este semestre já entrego a parte escrita do meu TCC. Mais 3 semestres (com este incluso) e eu oficialmente me formo pela segunda vez e me torno oficialmente um Bacharel em Administração. E sim eu já tenho planos pra depois da graduação. Ou eu volto pra Fatec e termino meu curso de Jogos, ou, faço minha pós em cima de TI. Claro, me dando umas férias de 6 meses só pra poder respirar um pouquinho né?

Além disso (e talvez um dos maiores motivos atualmente) eu FINALMENTE depois de exatos 6 meses de sofrimento, incerteza, e definitivamente toda a determinação da história eu consegui meu estágio. E não foi simplesmente um estágio para pagar as contas. Foi uma chance REAL de abandonar a vida de vendedor de shopping pra trás e recomeçar minha vida profissional como eu queria! Não me entendam mal. Eu curtia ser vendedor…. Mas verdade seja dita, minhas prioridades mudaram e aquela vida já não era mais pra min. Aprendi SIM muito ali dentro e com quem trabalhou comigo. Mas…. se eu continuasse naquilo eu iria enlouquecer e perder aquilo que mais me era importante. Então eu realmente estou aliviado de poder enterrar o “Thiago vendedor de shopping” e dar espaço pra esse Thiago novo que vos fala.
E melhor: a empresa tem foco em soluções na área de TI (especificamente em telefonia) mas ainda sim me sinto unindo o útil ao agradável. Juntei minha paixão por TI com a profissão de administrador.

E tenho que ser honesto: pouco me importa que seja um estágio de 6H. Eu iria em tempo integral COM A MAIOR FELICIDADE DO MUNDO!

Ah, e antes que eu me esqueça: eu passo uma boa parte do meu dia lendo/escrevendo e falando em inglês. Que jeito melhor de praticar aquilo que meus amados games me deram?

E falando em games: Monster Hunter 4 Ultimate.
QUE JOGO FODA! Estou me esbaldando nele desde o lançamento. E não tenho do que achar ruim. Ele é simplesmente o melhor game da franquia em todos os sentidos.  E sim eu sei que recentemente eu disse que ia fazer um review dele (e eu de fato vou fazer) mas me deixem apenas jogar mais um pouco em paz ok?

E por fim porem o mais importante: meu namoro. Está simplesmente perfeito. Conseguimos arrumar as coisas que incomodavam (ou a grande maioria pelo menos) e as coisas estão andando de vento em poupa. Novos planos (pequenos a princípio) estão sendo feitos e eu não poderia querer uma namorada melhor =3.
Enfim…depois de tudo isso eu volto a pergunta inicial: Você sabe o que é ser feliz? Sabe o que é essa sensação de “mundo perfeito”? E principalmente: o que significa SER feliz pra você caro amigo leitor?

Pra min é simplesmente isso…. Ver as coisas andando e andando bem. Ver meus planos indo pra frente e poder curtir cada momento das coisas que eu faço. É poder me programar com mais tranquilidade sem tanto medo de ver as coisas indo por agua a baixo.

É simplesmente…estar bem!

Calma eu ainda não morri!

Eae galera =D
Tudo bom com vocês?

pra quem ta se perguntando oque aconteceu com o blog que eu parei de postar apenas fiquem calmos.
Eu apenas arrumei um estagio o/
O que particular eu considero um feito incrivel!
Não só isso mas eu também tenho a facul e ai ja viram né? sobra quase nada de tempo pra me dedicar ao resto das coisas.

Mas fiquem tranquilos. Pelo menos aos finais de semana e feriados prolongados a programação no blog continua como sempre.
E claro sempre que der eu posto uma boberinha durante a semana.

No mais: vão curtir o carnaval que eu vou continuar aqui escondido em casa com meu Monster Hunter 4 Ultimate ( e que logo logo vai ter review aqui no blog)